0

BANHO

Tipos:
1- Aspersão : banho de chuveiro;
2- Imersão : banho na banheira;
3- Ablução : jogando pequenas porções de água sobre o corpo;
4- No leito : usado para pacientes acamados em repouso absoluto.
banho de leito

Banho no leito:
– É a higienização total ou parcial do corpo executada em pacientes acamados, impossibilitados de sairem do leito
– Um banho completo no leito limpa a pele, estimula a circulação, proporciona um exercício leve e promove conforto.
– O banho possibilita ao enfermeiro avaliar a condição da pele, a mobilidade articular e a força muscular.
– O banho pode ser completo ou parcial.


Finalidades:
– Limpeza da pele;
– Estimular a circulação;
– Propiciar observação do estado da pele e geral;
– Proporcionar conforto físico e mental;
– Promover o relaxamento muscular;
– Aliviar a sensação de fadiga e desconforto da posição permanente e da umidade produzida pelo calor.

Material necessário
Jarro com água morna; balde
Roupa de uso pessoal; material para higiene oral
Luvas de banho;toalha
Desodorante;sabonete;cuba rim forrada com papel
Talco ou creme; roupa de cama
Pente;comadre ou papagaio
Saboneteira ou cuba rim;luvas de procedimento
Bacia;biombo
Técnica para o banho no leito
• Lavar as mãos;
• explicar o procedimento e finalidade ao paciente;
• fechar as portas e janelas;
• proteger com biombo a unidade;
• desocupar a mesa-de-cabeceira;
• reunir o material e colocá-lo sobre a mesa-de-cabeceira;
• calçar luvas de procedimento;
• oferecer a comadre ao paciente;
• desprender a roupa de cama;
• colocar a roupa dobrada e na ordem em que vai ser usada, sobre o espaldar da cadeira aos pés da cama;
• fazer a higiene oral do paciente;
 Higiene oral do paciente:

Material:
Escova de dente; dentifrício; copo descartável com água; toalha de rosto; cuba-rim; espátula; canudo s/n; lubrificante labial (vaselina); anti-septico oral (Cepacol); luva de procedimento; gaze.
Caso não tenha escova, utilizar uma espátula enrolada com gaze.
Procedimento (paciente com pouca limitação)
em posição de Fowler e com a cabeça lateralizada;
proteger o tórax com a toalha de rosto;
colocar a cuba-rim sob a bochecha;
solicitar para que abra a boca ou abri-la com auxíliio da espátula;
utilizar a escova com movimentos da raiz em direção à extremidade dos dentes. Fazer cerca de 6 a 10 movimentos em cada superfície dental, com pressão constante da escova;
repetir esse movimento na superfície vestibular e lingual, tracionando a língua com espátula protegida com gaze, s/n;
oferecer copo com água para enxaguar a boca;
utilizar canudo s/n.
Procedimento (paciente com prótese)
Solicitar que retire a prótese ou fazer por ele, utilizando a gaze;
Colocá-la na cuba rim;
Escovar a gengiva, palato e língua, se o paciente não puder fazê-lo;
Oferecê-la para que o paciente coloque-a ainda molhada.
TÉCNICA: LIMPEZA DO CORPO•Retirar a roupa até a supra púbica protegendo o tórax e abdome com o lençol de cima
•Colocar uma toalha sobre o tórax e sob os braços
•Começar do distal para o proximal.
•Lavar, enxaguar e enxugar o braço mais distante com movimentos longos e firmes do punho até a axila (mas sem lavá-las)
•Colocar a mão do paciente na bacia; lavar, enxaguar e enxugar a mão, principalmente nos interdígitos, observando condições das unhas.
•Repetir ir o procedimento com o braço e mão proximal.
•Descobrir o tórax e abdômen. Lavar, enxaguar e enxugar o abdome, tórax e pescoço, com movimentos circulares (de baixo para cima) ativando a circulação, observando as condições da pele e mamas;
•Lavar, enxaguar e secar axilas
•Hidratar toda região limpa, menos a face
•Cobrir o tórax com lençol limpo, abaixar o lençol em uso protegendo a região genital;
•Lavar, enxaguar e enxugar os MMII do tornozelo à raiz da coxa começando do mais distante
•Colocar um dos pés na bacia; lavar, enxaguar e enxugar o pé, principalmente nos interdígitos, observando condições das unhas.
•Repetir o procedimento com o outro membro
•Hidratar toda região limpa
•Cobrir os membros e lateralizar o paciente
•Posicionar em decúbito lateral; lavar, enxaguar e enxugar o dorso iniciando da região lombar à região torácica
•Lavar, enxaguar e enxugar a região glútea; (retirar excesso de fezes se for o caso)
•Hidratar toda região limpa
•Afastar os lençóis para o centro da cama;
•Fazer limpeza concorrente com pano e álcool á 70% no mesmo sentido (em direção ao centro da cama)
•Colocar os lençóis, impermeável e travessa na ordem padronizada;
•Retornar paciente ao centro da cama e em seguida virá-lo para o outro lado
•Puxar o lençol sujo e colocar no hamper
•Executar a limpeza concorrente do lado oposto (sentido centro para fora)
•Puxar os lençóis conforme padronizado
•Voltar o paciente em decúbito dorsal
•Colocar a aparadeira forrada com impermeável, toalha ou saco de lixo;
•Retirar luvas e lavar as mãos para proceder à higiene íntima;
TÉCNICA: HIGIENE ÍNTIMA ou EXTERNA NA MULHER
•Calçar as luvas
•Colocá-la em posição litotomica, protegendo-a com lençol em diagonal
•Proteger a região inguinal com gaze ou compressas
•Irrigar a vulva com água, ensaboar a região pubiana, com movimentos circulares, da parte distal para proximal.
•Lavar grandes lábios e irrigar com água desde o púbis
•Afastar os grandes lábios, lavar meato urinário e intróito vaginal, no sentido antero-posterior, sem atingir o ânus;
•Irrigar a região com água limpa,
•Secar região, antes de fechar os grandes lábios
•Lavar por último a região perianal de cima para baixo.
•Enxugar local com gaze ou compressa, podendo utilizar as compressas da região inguinal
•Retirar aparadeira
TÉCNICA: HIGIENE ÍNTIMA ou EXTERNA NO HOMEM
•Calçar luvas
•Colocá-lo em posição litotomica protegendo-o com lençol em diagonal
•Proteger a região inguinal com gazes ou compressas
•Irrigar toda região, ensaboar a região pubiana e inguinal com movimentos circulares, da parte distal para proximal.
•Irrigar novamente para retirada do sabão
•Afastar o prepúcio para baixo (em pacientes não circuncidados), iniciar a limpeza, umedecendo desde o meato, limpa-lo com gaze umedecida SEM SABÃO, quantas vezes for preciso;
•Lavar COM SABÃO a glande e bálamo-prepucial
•Irrigar a região e secar
•Retornar o prepúcio para região original (se for o caso)
•Ensaboar, lavar e enxaguar o corpo do pênis e bolsa escrotal
•Ensaboar, lavar e enxaguar região perianal e ãnus
•Secar toda região úmida com as compressas laterais.
•Retirar a aparadeira;
FINALIZAÇÃO DO PROCECIMENTO
•Hidratar a pele com movimentos circulares• vestir o paciente;
• colocar o lençol de cima sobre o que está cobrindo o paciente e retirar o de baixo;
• deixar o lençol de cima solto, fazendo uma dobra sobre os pés;
• recompor a unidade;
• retirar as luvas;
• lavar as mãos;
• fazer as anotações no prontuário.
Ola amigos do blogger,deixando aqui mas uma postagem bem legal para quem quer ou precisa entender melhor sobre o assunto:
“banho no leito”.
Obrigado e ate breve!

Nenhum comentário:

Postar um comentário