0

Cistite

SISTEMA URINÁRIO(Voltado para clinica médica)
É uma inflamação da bexiga, geralmente iniciada na uretra.
Causada por microorganismos que podem desenvolver uma infecção (por uso de sondagens vesicais ou equipamentos de exames como o citoscópio).
* Citoscópio – É o equipamento utilizado pelo urologista para visualizar a bexiga.
Destaca-se que o aumento das infecções urinárias também pode estar associado à atividade sexual pela exposição dos órgãos genitais femininos. 
Em relação aos homens, a cistite geralmente é secundária a alguma outra doença, como infecções na próstata, no epidídimo ou cálculos vesicais.

Sinais e sintomas
Urgência miccional;
Aumento da frequência urinária;
Disúria;
Hematúria.

Diagnóstico 
EAS (Elementos Anormais Sedimentados), onde são pesquisadas as características da urina e a presença de substâncias anormais, entre elas, sangue, exsudato  bactérias. 
Já nos casos em que os sintomas estão evidenciando de forma clara uma infecção, ou quando é necessário saber qual é o agente causador e o antibiótico que deverá ser utilizado, poderá ser solicitado urocultura ou cultura de urina.

Tratamento 
Antibióticos. 
Uma atuação efetiva da enfermagem consiste em orientar a importância de se tomar todas as doses prescritas, mesmo se houver alívio imediato dos sintomas, devido ao risco de recorrência da infecção mal curada. 
De uma maneira geral, as cistites não representam situações clínicas que indiquem internação hospitalar, sendo geralmente tratadas em nível ambulatorial.

Prevenção 
Higiene íntima adequada, 
Uso correto do papel higiênico após urinar,
Esvaziamento vesical frequente, inclusive após as relações sexuais por diminuírem a quantidade de microorganismos na genitália feminina, 
Visitas periódicas ao ginecologista.

Cuidados de enfermagem
Aplicar calor e banhos de imersão quentes, que ajudam a aliviar a dor e a urgência miccional;
Estimular a ingestão de grandes quantidades de líquidos para promover o aumento da diurese e eliminar as bactérias do trato urinário;
Orientar o esvaziamento completo da bexiga (a cada duas a três horas), com o intuito de reduzir o número de bactérias e para não ocorrer reinfecção.

Lembrar alguns cuidados na coleta de urina para cultura:  
Oferecer recipiente estéril; 
Orientar a fazer higiene da genitália externa;
Desprezar o primeiro jato de urina, colhendo a seguir;
Beijocas!

Nenhum comentário:

Postar um comentário