0

GASTRITE

                                                                  Sistema Digestório


Ola pessoas,boníssima tarde a todos os amigos blogueiros,vou direto ao ponto ko.
É a inflamação do revestimento mucoso do estômago.
 A mucosa do estômago oferece resistência à irritação e normalmente pode suportar um elevado conteúdo ácido.
 No entanto, pode irritar-se e inflamar- se por diferentes motivos.

ETIOLOGIA  
 Ingestão de quantidade excessiva de alimentos;
 Rápida mastigação;
 Ingestão de alimentos condimentados,
 Ácidos,
 Corrosivos,
 Contaminados,
 Com temperatura extrema,
 Álcool.
Refluxo biliar,
Uso de certas drogas como a aspirina, drogas anti-inflamatórias não-esteroides (DAINE), quimioterápicos, etc...
Distúrbios como: uremia, choque, lesões do SNC, cirrose hepática, hipertensão hepática, tensão emocional prolongada, etc

TIPOS

GASTRITE BACTERIANA (Helicobacter pylori- bactérias que crescem nas células secretoras de muco do revestimento do estômago).
GASTRITE AGUDA POR STRESS, o tipo mais grave de gastrite, é provocada por uma doença ou lesão grave de aparecimento rápido.

SINTOMAS
Desconforto epigástrico,
 Hipersensibilidade abdominal,
 Eructação, náuseas e vômitos,
 Cólicas, diarreia 5 horas após a ingestão de substâncias ou alimentos contaminados
 Hematêmese (às vezes).

Diagnostico
Exame clínico (dores na parte alta do abdome, bem como náuseas ou ardor).

Tratamento:
 Farmacológico: anti-eméticos; antiácidos.
 Regime dietético.
 Helicobacter pylori – antibióticos.

Cuidados de enfermagem
-Proporcionar conforto e segurança, um ambiente repousante, calmo e tranquilo;
- Manter uma ventilação adequada no ambiente;
- Dar apoio psicológico, ouvir com atenção e anotar as queixas do paciente;
- Orientar as visitas e familiares para evitar conversas que perturbem o paciente;
-Diminuir a atividade motora do estômago oferecendo uma dieta branda e várias vezes ao dia;
- Higiene oral, 3x/dia com uma solução anti-séptica;
- Verificar e anotar os SSVV, 4/4 horas;
- Administrar a medicação prescrita.

Beijos no coração!

Nenhum comentário:

Postar um comentário